quarta-feira, 4 de julho de 2018

No meu país

Fotografia de Osman Rana


No meu país
dardejado de sol e da caca dos gaios
só há estâncias
(de veraneio) na poesia.
Nossos lábios
a um metro e sessenta e tal
do chão amarelecido
dos símbolos
abrem para fora
por dois gomos de frio.
Nossos lábios outonais, digo,
outonais doze meses.
No entanto
à flor da possível
geografia
um frémito cinde
as estações do ano.
Sebastião Alba



1 comentário:

  1. Soube esta manhã que Ricardo Camacho tinha falecido.

    Ricardo Camacho ajudou-me a desbravar novos sons, a descobrir outras sonoridades, nuns anos 80 absolutamente, absolutamente…merda!
    O Ricardo Camacho e os Sétima Legião fazem parte da memória musical.
    Ele, o Miguel Esteves Cardoso e o pessoal da Fundação Atlântico (recordam-se) deram-nos a Virginia Astley, The Gist e os sublime Durutti Column de Vini Reilly.
    Ricardo Camacho, António Sérgio, o Em Órbita…. Boas memórias, do tempo em que ouvir rádio era descobrir bons SONS!
    Abraço grato e eterno.

    Sétima Legião – “Mar d´Outubro”
    https://youtu.be/rWw8Cfi7AZU

    Sétima Legião – “O Canto E O Gelo”
    https://youtu.be/9afV7xJVTWw

    ResponderEliminar