segunda-feira, 23 de julho de 2018

Carcará*

*CYZ interpretou a canção mais forte que ouvi este ano no Tom de Festa: Carcará (original de Maria Bethânia, 1965)


Daqui


Carcará!
Pega, mata e come
Carcará!
Num vai morrer de fome
Carcará!
Mais coragem do que homem
Carcará!
Pega, mata e come
Carcará!

Lá no sertão...
É um bicho que avoa que nem avião
É um pássaro malvado
Tem o bico volteado que nem gavião

Carcará....
Quando vê roça queimada
Sai voando, cantando
Carcará...
Vai fazer sua caçada
Carcará...
Come inté cobra queimada

Mas quando chega o tempo da invernada
No sertão não tem mais roça queimada
Carcará mesmo assim num passa fome
Os burrego que nasce na baixada

Carcará!
Pega, mata e come
Carcará!
Num vai morrer de fome
Carcará!
Mais coragem do que homem
Carcará!
Pega, mata e come

Carcará é malvado, é valentão
É a águia de lá do meu sertão
Os burrego novinho num pode andá
Ele puxa no bico inté matá

Carcará!
Pega, mata e come
Carcará!
Num vai morrer de fome
Carcará!
Mais coragem do que homem
Carcará!
Pega, mata e come
Carcará!

Em 1950 mais de dois milhões de nordestinos viviam fora dos seus estados natais.
10% da população do Ceará emigrou.
13% do Piauí! 15% da Bahia!! 17% de Alagoas!!!

(Carcará...)
Pega, mata e come
Carcará!
Num vai morrer de fome
Carcará!
Mais coragem do que homem
Carcará!
Pega, mata e come!!!
Música escrita por 
João do Vale e José Cândido













1 comentário:

  1. Bom dia e boa semana.

    Da Séria - “No tempo em que” havia músicos a fazer intervenção política.
    Hoje: "Hasta siempre comandante" de Carlos Puebla.

    Tal como a “greve da plataforma sindical/governo”, também o autor desta série vai de férias. Suspendamos a revolução, que os burocratas estão fatigados! As Nomenklaturas vão de férias!

    Para despedida uma música muito, muito popular: "Hasta siempre comandante" de Carlos Puebla. O compositor homenageia Che Guevara procurando que os versos traduzam o sentimento dos cubanos em relação ao comandante guerrilheiro. "Hasta Siempre" é uma das criações musicais dedicadas a Che Guevara que mais tem perdurado ao longo do tempo.
    Carlos Puebla, nos anos 40 e 50, começa a reflectir nas canções as suas preocupações sobre o que acontecia no país, e fala contra a injustiça, a corrupção, a repressão contra aqueles que levantam as vozes e a necessidade de “cambiar” e acabar com o regime de Baptista. Com o triunfo da revolução cubana, Puebla passou a compor inúmeros trabalhos dedicados às conquistas da revolução e do trabalho do povo cubano tendo sido considerado como o “Cantor do Povo”.
    Muitos artistas fizeram versões desse tema como Robert Wyatt (Inglaterra) ou King Mafrundi (País Basco), havendo registo de mais de 200.

    Boas férias e óptimas descobertas gastronómicas.
    Até um dia (talvez…), que isto de procurar “música para revoluções” também cansa!
    “Hasta la victoria siempre! Patria o muerte!”

    CARLOS PUEBLA. – “Hasta siempre"
    https://youtu.be/I-064cEZfK8

    Aprendimos a quererte
    Desde la histórica altura
    Donde el sol de tu bravura
    Le puso un cerco a la muerte.

    Aquí se queda la clara,
    La entrañable transparencia,
    De tu querida presencia
    Comandante Che Guevara.
    Tu mano gloriosa y fuerte
    Sobre la historia dispara
    Cuando todo santa clara
    Se despierta para verte.

    Aquí se queda la clara,
    La entrañable transparencia,
    De tu querida presencia
    Comandante Che Guevara.

    Vienes quemando la brisa
    Con soles de primavera
    Para plantar la bandera
    Con la luz de tu sonrisa.

    Aquí se queda la clara,
    La entrañable transparencia,
    De tu querida presencia
    Comandante Che Guevara.

    Tu amor revolucionario
    Te conduce a nueva empresa
    Donde esperan la firmeza
    De tu brazo libertario.

    Aquí se queda la clara,
    La entrañable transparencia,
    De tu querida presencia
    Comandante Che Guevara.

    Seguiremos adelante
    Como junto a ti seguimos
    Y con Fidel te decimos:
    Hasta siempre comandante.

    Aquí se queda la clara,
    La entrañable transparencia,
    De tu querida presencia
    Comandante Che Guevara.

    Duas versões:
    Robert Wyatt – “Hasta Siempre Comandante”
    https://youtu.be/pF2pEQYuPGA

    King Mafrundi – “Hasta Siempre”
    https://youtu.be/9GxytdPcnRY

    BONUS TRACKs:
    Muitas saudades dos Sétima Legião e os meus cabelos brancos também estiveram por alí, nessa romagem.
    Das (poucas) coisas boas que se fizeram, por cá, nos degradantes anos 80. Ricardo Camacho nas teclas.

    Sétima Legião – “Sete Mares” (Coliseu Recreios, 2012)
    https://youtu.be/E3vbh9dgNzU

    e ainda a oitava maravilha do mundo:
    Sétima Legião – “Mar d´Outubro”
    https://youtu.be/rWw8Cfi7AZU

    ResponderEliminar