terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Duas histórias

Fotografia Olho de Gato



I
Vou contar uma história.
Havia uma rapariga que era maior de um lado que do outro.
Cortaram-lhe um pedaço do lado maior: foi de mais. Ficou maior do lado que era dantes mais pequeno. Cortaram. Ficou de novo maior do lado que era primitivamente maior.
Tornaram a cortar. Foram cortando e cortando.
O objectivo era este: criar um ser normal. Não conseguiam. A rapariga acabou por desaparecer de tão cortada nos dois lados.
Herberto Helder






II
Era uma vez duas serpentes que não gostavam uma da outra.
Um dia encontraram-se num caminho muito estreito e como não gostavam uma da outra devoraram-se mutuamente.
Quando cada uma devorou a outra não ficou nada.
Esta história tradicional demonstra que se deve amar o próximo ou então ter muito cuidado com o que se come.
Ana Hatherly

Sem comentários:

Enviar um comentário