segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Maus fígados

Fotografia de Timothy Paul Smith



Uma espécie de lacre
sobre os olhos
como se o olhar
fosse uma carta
escrita pela morte
e palavras gangrenadas
inscrevendo-se-te na boca
como numa caverna.
O eco ressoando
em outros órgãos
por isso com maus fígados
os teus poemas
são úlceras na língua
do tamanho da dúvida
de S. Tomé.
Ana Paula Inácio


Sem comentários:

Enviar um comentário