segunda-feira, 30 de abril de 2018

Mais um dia

Fotografia de Keem Ibarra



Hoje venho dizer-te que nevou
no rosto familiar que te esperava.
Não é nada, meu amor, foi um pássaro,
a casca do tempo que caiu,
uma lágrima, um barco, uma palavra.

Foi apenas mais um dia que passou
entre arcos e arcos de solidão;
a curva dos teus olhos que se fechou,
uma gota de orvalho, uma só gota,
secretamente morta na tua mão.
Eugénio de Andrade


1 comentário:

  1. Bom dia e boa semana.

    Da Séria - “No tempo em que” havia músicos a fazer intervenção política.
    Hoje: Hoje vamos ouvir Marvin Gaye.
    Hoje vamos ouvir uma obra-prima – “What's Going On”!

    As estórias à volta da produção e gravação desta música são muitas e valem uma leitura. O principal obstáculo veio do seu cunhado e CEO da Motown, Berry Gordy, que disse era o pior disco que já havia ouvido e se recusou terminantemente a divulgá-lo. Nos inícios dos anos 60, a Motown recusava-se em fazer algo político, em intervir nos confrontos rácicos, na luta pelos direitos dos negros ou nos movimentos anti guerra.
    Mas, comecemos por referir que a inspiração para a música veio de Obie Benson, cantor dos ” Four Tops”, grupo de Detroit e da Motown, que quando chegaram a Berkeley, Califórnia, em 15 de maio de 1969, numa tournée, testemunharam a violência e a brutalidade da polícia contra manifestantes que protestavam contra a Guerra do Vietname. Obie Benson pensou: "O que está acontecendo?". E isso levou a co-escrever a primeira versão da música com seu amigo Al Cleveland. Posteriormente, e porque o grupo se recusava a cantar a música, Benson e Cleveland levaram a música a Marvin. Este reformulou-a com uma nova melodia e fez modificações na letra para que ficasse mais a seu estilo, sendo também influenciado por conversas com seu irmão Frankie, que havia regressado do serviço militar no Vietname.
    Os inícios dos anos 70 foram um período difícil para Marvin Gaye. A sua parceira de tantos êxitos Tammi Terrell, morre com um tumor no cérebro; Martin Luther King e Robert Kennedy foram assassinados, a situação social agrava-se nos EUA e a sua conturbada relação com o pai não dá sinais de acalmia. Neste contexto, Marvin Gaye decide juntar-se aos milhões de jovens que estavam contra a guerra, a pobreza, a violência e a destruição ambiental e opor-se à orientação “neutral” da Motown.

    “What's Going On" foi uma das primeiras músicas da Motown a fazer uma declaração política poderosa.
    "What's Going On" – é um álbum com uma mensagem realista e intimista e podemos considerar que o nome veio da própria vida de Marvin Gaye. O álbum desafia muitos padrões anteriores da Motown, pois tem influências do soul, funk, jazz, gospel, orquestração com arranjos inovadores e muitas músicas mais longas do que era o habitual limite dos 3 minutos. As canções são escritas como uma série de pensamentos ligados que são musical e conceitualmente coerentes. É um álbum de questões sociais com letras de cunho político reflectindo sobre os problemas e transformações sociais que afligiam os Estados Unidos e o mundo da época.

    "Right on, baby…what's going on?"

    Marvin Gaye – “What's Going On”
    https://youtu.be/H-kA3UtBj4M

    Mother, mother
    There's too many of you crying
    Brother, brother, brother
    There's far too many of you dying
    You know we've got to find a way
    To bring some lovin' here today - Ya

    Father, father
    We don't need to escalate
    You see, war is not the answer
    For only love can conquer hate
    You know we've got to find a way
    To bring some lovin' here today

    Picket lines and picket signs
    Don't punish me with brutality
    Talk to me, so you can see
    Oh, what's going on
    What's going on
    Ya, what's going on
    Ah, what's going on

    In the mean time
    Right on, baby
    Right on
    Right on

    Father, father, everybody thinks we're wrong
    Oh, but who are they to judge us
    Simply because our hair is long
    Oh, you know we've got to find a way
    To bring some understanding here today
    Oh

    Picket lines and picket signs
    Don't punish me with brutality
    Talk to me
    So you can see
    What's going on
    Ya, what's going on
    Tell me what's going on
    I'll tell you what's going on - Uh
    Right on baby
    Right on ba

    Deixo também a versão instrumental, com um maravilhoso trabalho da secção de cordas da Orquestra Sinfónica de Detroit. E aos 2minutos e 10 – violinos a fundo.…. COOL!!!!
    https://youtu.be/m6mpQ5jfTHk
    (Rhythm and Strings Mix)
    Uma obra-prima!

    ResponderEliminar