domingo, 18 de março de 2018

Violência urbana (#35)

Fotografia Olho de Gato

1 comentário:

  1. Violência urbana é continuarmos com esta mentalidade.

    O provincianismo
    O provincianismo é a noção (e a vaidade) desse equilíbrio sadio e moderno entre o que é provinciano e o que é cosmopolita.

    https://www.publico.pt/2018/03/16/sociedade/cronica/o-provincianismo-1806814
    Miguel Esteves Cardoso – Público on line
    16 de Março de 2018

    Aos Felicianos de Lisboa, de Viseu,…. e de outros locais!

    “Nunca precisei de Berkeley para nada".
    Igualzinho a mim… só que eu, na minha ignorância, sei que nunca existiu uma Universidade Pública na dita terra. Bastava conhecer, o mínimo, do sistema universitário americano. Mas isso exige leitura!

    Aproveitem para ler “A queda de um anjo” do Camilo. De quem? Camilo de Oliveira?!!!!
    É capaz de ser é do Cavaleiro de Oliveira (Francisco Xavier de Oliveira) um “idiota” de um estrangeirado que, no século XVIII, teve a distinta “lata” de escrever que Portugal era “um relógio atrasado”.

    Como estava “errado”, pois nós só usamos relógios de Berketley, do ISKZÉ, ou de uma qualquer afamada casa bolonhesa e take a way!

    ResponderEliminar