terça-feira, 15 de maio de 2012

Barragem do Tua

... o dito "Plano Nacional de Barragens" serviu para Sócrates fazer cosmética nas contas públicas de 2008, para engordar os rentistas e inflacionar as nossas futuras contas de electricidade, e inclui um crime bárbaro: a destruição do Vale do Tua.

 

Transcreve-se o comentário do leitor do Público 
João Ventura a esta notícia:

Parabéns Unesco

Aproveitem o dinheiro da barragem para reactivar a linha férrea até Espanha (do lado de lá há muito que está reactivada) e transformar esta área do país num pólo turístico anual, bem estruturado, e não sazonal. Travem essas “mentes brilhantes” que maioritariamente se esqueceram das suas raízes e não conhecem nada do país e das suas gentes que estão para além da CRIL, CREL e do ALLGARVE.

Sem comentários:

Enviar um comentário