domingo, 24 de Junho de 2012

Crime violento


Expresso, 23.6.2012, p. 15

Pôr uma "equipa de procuradores do crime violento" a apurar a gestão danosa nas parcerias-prejuízos-públicos-proveitos-privados rodoviárias não me choca: é que, nos gabinetes alcochoados da grande advocacia de negócios do regime, foi mesmo praticado um crime violento em que as vítimas são os nossos filhos e os nossos netos. 

O problema é que  a nossa justiça tem uma impecável folha de serviços: nunca falha a disaltinar os poderosos.

em Portugal, como é sabido, uma coisa dessas é impensável.

2 comentários:

  1. Haja fé! E eu continuo à espera dum Falcone ou dum qualquer juiz que honre o passado da pátria e meta na cadeia não um não dois, mas grande parte dessa trupe que todos já conhecemos. A altura é agora. Não faz sentido andarmos a pagar cadeias para uns desgraçados aprendizes, quando os mestres estão todos aí.
    Tenhamos fé!

    ResponderEliminar
  2. Como é possível tal infortunio!
    Se me dissessem : tenho aqui uma obra para voçê fazer que paga a 15% de juro garantido quer eu a use ou não , melhor se eu não a usar voçê mesmo assim não perde dinheiro , o juro é garantido durante 30 anos e voçê também pode economizar na manutenção da obra porque eu também não preciso dela em troca apenas quero que esteja pronta a tempo do casamento da minha prima afastada (3º grau) que vive a 200kM daqui! As facturas de execução da mesma são para ser passadas em nome do pais desta minha prima afastada e só devem começar a ser apresentadas quando eu já estiver em França a estudar filosofia ( tenho de me licenciar) pois preciso do canudo para concorrer a um cargo mais alto lá na EMPRESA e já agora não se preocupe que os meus primos pagam e não bufam que eles gostam pouco dos filhos e dos netos! Se alguém o vier chatear diga que tem uns amigos influentes que usam aventais, outros ganham a vida em comicios e outros emprestam dinheiro para as festas que as coisas ficam por aí e no máximo obrigam-no a pôr lá um sensor de luz para minorar os gastos de luz , sensor esse que ainda poderá ser exportado para o resto do mundo e voçê se calhar ainda ganha mais um cobres!

    P.S. - Gosto de caramelos , robalos e caviar!

    Mais um inquérito que não dará em NADA !
    Note-se que no caso dos Submarinos já há pessoas condenadas e atrás das grades na Alemanha e aqui no passa nada!
    Quanto ao ministro grego é pouco pois aqui isso seria um MERO PORMENOR o que eu e muitos seria isto - Não pagamos a quem beneficia de actos criminosos de outros, quando muito paga-mos o custo REAL do objecto e não USURAS. Mas ninguém os tem no sítio e já se adivinha mais AJUSTAMENTO para os do costume!

    ResponderEliminar