terça-feira, 20 de setembro de 2016

Amigas, eu oí dizer*

Fritz Zuber-Bühle - A Reclining Beauty

Gif de Rino Stefano Tagliafierro





Esta cantiga fez Dom Gonçal'Eanes do Vinhal a Dom Anrique em nome da rein[h]a Dona Joana, sa madrasta, porque diziam que era seu entendedor, quando lidou em Mouron com dom Rodrigo Afonso que tragia o poder del-rei.


Amigas, eu oí dizer
que lidarom os de Mouron
com aquestes d'el-rei e nom
poss'end'a verdade saber:
          se é viv'o meu amigo,
          que troux'a mia touca sigo.

Se me mal nom estevesse
ou nom fosse por enfinta
daria esta mia cinta
a quem m'as novas dissesse:
          se é viv'o meu amigo,
          que troux'a mia touca sigo.
Gonçalo Anes do Vinhal














* Gonçalo Eanes do Vinhal alude aqui aos propalados amores da rainha-viúva D. Joana, madrasta de Afonso X, com o seu outro enteado, D. Henrique, irmão do rei. Estamos, pois, perante uma cantiga de escárnio, sob esta subtil e inesperada forma de cantigas de amigo.
Se bem que a alegada relação amorosa entre D. Henrique e a sua madrasta possa não passar de simples maledicência, todas as referências históricas feitas na cantiga são exactas.

Sem comentários:

Enviar um comentário