segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Pétalas negras ardem nos teus olhos

Daqui



Queria erguer-te um cântico
Que ressoasse entre os cânticos

Noite fora persegui uma palavra
Um diamante e fogo e silêncio

O amor permanece uma língua bárbara.
Luís Falcão


Sem comentários:

Enviar um comentário