sábado, 21 de junho de 2014

As pilhas da Via Verde descarregam sem o condutor dar conta, €80 de portagem são transformados em €1400, o condutor paga a julgar que acabava com o pesadelo, não chega — o fisco quer 25 mil euros



Ver vídeo aqui

2 comentários:

  1. Já não há vergonha nenhuma , a eficaz* máquina do Estado ao serviço dos oligopólios privados de forma descarada e com leis feitas recentemente e para isso mesmo.

    * - eficaz para cobrar ao "pobre" e para engavetar os pilha-galinhas desta vida porque para cobrar 8 milhões ao ex. senhor BES quase que foi por favor e com mil cerimónias.
    Não consegue também engavetar ninguém dos BPN e afins pois neste surreal País basta ser muito rico e pagar umas coimas para se fugir do banco dos réus , ver resultados do Monte Branco e Operação Furacão.

    Se Portugal fosse um País decente e com elevado sentido de cidadania esses senhores pagavam tudo até ao ultimo cêntimo, mais os prejuízos e custas adicionais e ainda batiam com os costados nas cadeias, além do confisco imediato (em favor do estado) do património adquirido com essas jogadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, caro WW

      Muito obrigado pela atenção com que acompanha este modesto estabelecimento.

      O capitalismo tem passado do "lucro" para a "renda" através da apropriação do "comum".

      Este movimento, que é mundial, tem no nosso país características muito próprias — fundamentalmente duas nesta fase:
      — umas elites historicamente predadoras
      — uma máquina do estado que desistiu de pôr os tribunais a funcionar e que apostou tudo na eficácia extorsiva do fisco

      Bom fim-de-semana para si

      Eliminar