domingo, 1 de junho de 2014

António Costa, para que é que vai dar uma entrevista amanhã?

Imagem daqui

Lembre-se: nunca se interrompe um adversário enquanto ele se está a enterrar.

5 comentários:

  1. Anda tudo doido!! As notícias de violações de crianças são uma constante, as de assassinato de mulheres quase diárias e estes gajos andam a limpar espingardas internamente?
    Seguro e a sua comandita estão furibundos pq não contam sair tão depressa e estão a mostrar a sua pior índole. Bem diz o sábio povo: zangam-se as comadres, sabem-se as verdades.

    ResponderEliminar
  2. E a energia de Seguro nos últimos dois dias? E na entrevista de ontem? Curioso que nunca lhe vi, nem senti tanta contundência nos dias anteriores, nem nas discussões no parlamento... Acordou para a Vida? E se virasse o argumentário para a Coligação que foi para isso que foi eleito!!

    ResponderEliminar
  3. Passagem rápida por aqui e texto ao correr da pena…

    Faz bem Costa em dar explicações.
    Como cidadão interessado e preocupado com um país que não tem governo nem oposição, é claro que quero explicações do Costa. Interessa-me que tenha ideias para o país, que saiba o que quer fazer se vier a ser governante e que consiga arranjar consensos com as forças políticos de esquerda democrática. Irrita-me a imagem que está ser projectada de um Costa sebastianista (com conivência do próprio?); preciso de saber que pré acordo há com Sócrates (essa figurinha do PS); quero saber até quando vai aguentar este estado de meias tintas do Seguro; gostava de saber o que pensa de….; e de….; …..
    Se é o momento adequado ou não, não sei. Deixo isso para os spiners.

    Não vale a pena discutir a legitimidade do poder de Seguro. Mas, depois das últimas eleições tornou-se ou não óbvio que esta liderança do PS não corresponde aos anseios dos portugueses e vai perdendo cada vez mais adeptos?

    Não sou militante do PS e não espero qualquer pagamento. No entanto, reconheço no partido socialista o único que poderá aglutinar a esquerda democrática para governar o país, para isso é necessário tudo isto que não seja apenas uma mudança de cadeiras, e disso eu ainda não tenho a certeza.

    De Seguro já se percebeu que é tudo uma cortina de fumo. Decisões para tudo e para nada e para quando?

    Já cá ando há uns tempos e ainda sou do tempo em que o futuro do PS era decidido em sótãos…

    Abraço.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Faz bem Costa em dar explicações."

      Ó JB, apresento-te a Lei de Poe: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_de_Poe

      Ela diz que toda a "ironia", masi cedo ou mais tarde, vai ser lida literalmente pelo que se deve, na net, pôr um smile quando é o caso.

      Acabo de ir acrescentar a etiqueta respectiva neste post, ontem esqueci-me e só pus a etiqueta "PS"

      Grande abraço, eu sou do tempo da conspiração no sótão e li recentemente detalhes dela na biografia de Guterres.
      :-)

      Abraço

      Eliminar
  4. Há quem tenha de colocar a máscara de si mesmo, para passar despercebido no meio da multidão, quando existem máscaras dos próprios à venda. Talvez seja a cara deste partido, que se iguala ao já existente no poder. Os verdadeiros intelectuais, talvez tenham de repensar para que usam a sabedoria, se para servir ou para sobressair e colocar os outros como meros "mortos vivos", no resto da sociedade.

    ResponderEliminar