quarta-feira, 26 de março de 2014

Morcões e javardolas

* Texto publicado no Jornal do Centro há exactamente quatro anos, em 26 de Março de 2010


1. Conforme escrevi aqui, Manuel Alegre tem sido “uma ‘voz em alvo’ sem nada dentro”. Na sexta-feira em Bragança, finalmente, Alegre lá decidiu meter algum sumo no que diz e malhou forte no PEC, para alegria das suas tropas do bloco.

Entretanto, a aspiração alegrista de fazer campanha lado a lado com Sócrates e Louçã não está fácil. No domingo, o Correio da Manhã perguntou a Louçã: «Já se viu, Francisco Louçã, ao lado de José Sócrates na campanha presidencial de Manuel Alegre?»

«Não, não me vou ver nem me vejo.» - respondeu, seco, Louçã.
Portanto, sem misturas, a campanha alegre vai ter um calendário peculiar: às segundas, quartas e sextas, Alegre tem a escolta de Francisco Louçã; às terças, quintas e sábados, Manuel Alegre está a contar com José Sócrates.

Aos domingos, nada de campanha. Manuel Alegre, como se sabe, aos domingos vai à caça. Vai tentar fazer às perdizes e às rolas o que o PEC faz à classe média e aos pobres.

2. Na Alemanha há eleições regionais em 9 de Maio. A Grécia precisa de 53 mil milhões de euros até ao fim de Maio.

Há aqui uma janela de tempo para Angela Merkel passar o cheque. Mas as coisas estão feias. Basta ver a imprensa alemã que, todos os dias, execra os gregos. O menos desagradável que lhes diz é: “levantem-se mais cedo!”

3. O excelente blogue “Viseu, Senhora da Beira” tem publicado fotografias que mostram os problemas causados pelos morcões que deixam o carro estacionado em qualquer lado, até em cima das passadeiras.

Imagem Viseu, Senhora da Beira
Sugiro-lhe que publique também fotografias dos nossos ecopontos. 

Há muitas criaturas que chegam lá e colocam o seu lixo no chão. Era só levantar a tampa e pôr o lixo dentro. Mas não! Deixam-no mesmo no chão, os javardolas. A seguir, os cães e o vento espalham a lixarada.

Sem comentários:

Enviar um comentário