sexta-feira, 26 de maio de 2017

Logomaquia

Como muito bem reflecte Bárbara Reis hoje no Público, o bruaá de ontem sobre a "cara de pedra" do papa Francisco numa fotografia da Associated Press foi um flagrante caso de "fake news".

Fotografia de Evan Vucci (Associated Press) 
Vermos Trump, depois da sua campanha escorada em "fake news", ser vítima do mesmo tem alguma graça. Só isso.

As "conclusões" sentenciosas que se acogumelaram em todo o lado sobre este não-caso diz muito sobre a actual ecologia mediática — vivemos numa bolha de logomaquia inconsequente pendurada no vazio.

Sem comentários:

Enviar um comentário