sábado, 1 de fevereiro de 2014

Assembleia geral do Mirita Casimiro

Foi perpetrado hoje o golpe da lista única na assembleia geral do CCDV/Mirita de uma maneira ilegal e tosca: nem houve sequer o cuidado de ver se os votantes tinham as quotas em dia.

Os representantes das associações impedidas de se candidatarem fizeram bem em terem-se retirado antes da "contagem dos votos". É assim que se faz perante uma votação ilegítima.

Depois do que aconteceu hoje, não se vê como António Almeida Henriques, o presidente da câmara de Viseu, possa entregar, em meio ano, 73 200 euros dos nossos impostos aos "especialistas em museologia" daquela casa sem dinâmica, sem ideias e sem projecto.

 Mas com cadeiras.
Fotografia Olho de Gato *

* A mesa da assembleia geral teve todo o direito a não querer ser fotografada; quero prestar aqui esta declaração pública.

10 comentários:

  1. Comentários com insultos não serão publicados, comentários sem insultos serão publicados.

    Que são "difamações fotográficas", senhor anónimo?

    ResponderEliminar
  2. Mas quem é que o insultou? Você é que não sabe o que é democracia.... Você não tem poder de encaixe? Você não tem estomago para ouvir as verdades? Tenha vergonha... Só pública o que quer... Olhe vale mais encerrar o blogue... Já que só aceita os comentários dos amigos! Não aceita que o "Miudo" lhe tenha dado um bailinho na assembleia? Tenha vergonha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentários com insultos não serão publicados, comentários sem insultos serão publicados.

      Este seu comentário não tem insultos, senhor anónimo.

      Fez bem em fazer marcha-atrás e não falar outra vez em "difamações fotográficas".

      Fica-se, de qualquer forma, sem perceber que coisa é essa...

      Fotografias de três pessoas sentadas numa mesa num palco são "difamações fotográficas"? "Difamações fotográficas" em quê?

      As três pessoas foram fotografadas às claras não foi às escondidas, elas não gostaram e têm todo o direito nisso, as fotografias foram em consequência logo a seguir apagadas. Assunto encerrado.

      "Difamações fotográficas" em quê?

      Eliminar
  3. Já informou ao seus leitores que isso das cotas não existe? Já leu os estatutos? Já explicou qual a associação de que é membro directivo? Já explicou que é que você é o Sr. Azevedo Pinto lá andavam a fazer? Malta da luta muito bem...

    ResponderEliminar
  4. É o que o senhor gosta de fazer aqui pelo seu blogue... Gosta muito de fotografia... O resto fica na sua consciência! Parabéns à Mesa da Assembleia que não compactuar com a "fotogénica deste blogue"

    ResponderEliminar
  5. Peça lá aos seus amiguinhos do "avante" que lhe emprestem o livrinho dos estatutos! Só assim conseguirá ler, e ver, que artigo nenhum fala em quotas! Ok? Sempre a considerar

    ResponderEliminar
  6. O Alexandre arranjou aqui um ilustre incomodado com a situação. Percebo os que querem que tudo fique na mesma, mas não percebo a despreocupação e até irresponsabilidade da vereação da cultura numa matéria de elevado relevo para as artes em Viseu. Começo a achar que nem nesta matéria houve nenhuma lufade de ar fresco.

    ResponderEliminar
  7. Prestando a minha solidariedade pelo “Ilustre Incomodado” vou falar aqui um pouco do que vi naquela assembleia! Muito se fala, e protesta, sobre algumas situações que se passaram no Mirita Casimiro. Ainda assim o Sr. Alexandre tem de transmitir, também, aos seus leitores, a má educação, falta de postura e civismo que os senhores, que por la foram protestar, tiveram para com os Orgãos do CCDV e as restantes pessoas da sala. Será que isto é que é cultura? Será que chamar “Pulha”, reter credenciais de voto à entrada (Sabia disto Sr. Alexandre?) e cantarolar músicas de intervenção enquanto se sai de uma Assembleia, como se de uma “manif” se tratasse, será que isto é a cultura que se quer para Viseu? E mais digo...qual é o interesse do Sr. Alexandre e do Sr. Azevedo Pinto naquela assembleia de Associações do CCDV? Qual a legitimidade destas presenças? Só membros diretivos de Associações, ou representantes, devidamente credenciados podiam estar naquela sala! E onde param essas credenciais? Não se sabe…O Sr. Joaquim deve ter ido para escrever mais um “semi” artigo de opinião no seu blogue, digo semi porque Sr. Alexandre não pode tomar partidos digo eu... O Sr. Azevedo Pinto só se foi para acompanhar os seus Ex. Colegas do BE... não sei se o são mas o berreiro era tanto, e a educação tão pouca que presumo que pertençam a esse partido já moribundo! Em suma: A lista que não foi aceite até podia ter razão em algumas coisas, a partir do momento que perderam a postura e a educação tudo caiu por terra! Mais não digo e com esta última me despeço!

    ResponderEliminar
  8. Assisti ao que se passou nas duas A.G. do CCDV que os elementos da lista não aceite transforma-ram em dois plenários tipo PREC ou daqueles em que se decidem greves, não as discuto já as fiz e tenho feito no passado recente, mas em que depois estragam tudo com os piquetes que impedem de ir trabalhar quem quer cerceando assim a liberdade dos mesmos. Claro que não concordo com a imposição de ter que haver um número tão elevado de subscritores para se apresentar umas lista mas é dos Estatutos e como tal obrigatório que assim seja. Alterem-nos. Solicitem às associações a confirmação de querem continuar filiadas . Se calhar ficam bem menos que as existentes, e convoquem uma AG com essa finalidade. Perderam toda a razão quando tomaram estas atitudes e mais conseguiram virar ainda mais contra si a generalidade das associações sócias. Foi notória a estratégia montada em ambas as AG para impedirem que se realizassem. Se o Presidente da Mesa não se impusesse lá conseguiriam novamente com a apresentação de requerimentos sobre requerimentos impedir a votação. Chega de lavar roupa suja . Já agora vivo no concelho de Viseu, estou há muito ligado ao associativismo , sou uma pessoa atenta e não conheço metade das associações que assinam o comunicado. Que fazem . como e onde que não se vêm? Não metam a Câmara nisso porque pelo que li tem uma parceria com o CCDV.O Mirita Casimiro tem dono e não é a Câmara , são as associações filiadas por acaso de todo o distrito. Aos que não puderam concorrer tinham ficado melhor na fotografia com outras atitudes esses extremismos não levam a nada. aos que venceram ponham o auditório ao serviço dos filiados

    ResponderEliminar
  9. Vergonha, foi como me senti nesta AG. Um opositor á lista vencedora, diga a única, subir ao palco para "verificar" a veracidade das palavras do Presidente da AG. Já não existe respeito por um"Beirão Honesto" já não existe respeito pelos cabelos brancos de um homem que por sinal até era naquele momento e acto, o orgão máximo do CCDV. Também aquela "bocas" desapropriadas ao mesmo órgão. Não, não são estes homens e mulheres em que me possa rever no mundo do Associativismo.

    ResponderEliminar