quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Impostos*

* Publicado no Jornal de Centro há exactamente dez anos, e, 15 de Fevereiro de 2008



Daqui

1. Cara leitora, caro leitor: agora que provavelmente está a organizar os seus papéis para “meter” o IRS, proponho-lhe que procure a carta que recebeu das Finanças, no último Verão, com a liquidação do seu IRS. Procure a linha 20, referente à “colecta líquida”. Ora aí está quanto pagou de IRS. Se vive no concelho de Viseu, calcule 2% dessa “colecta líquida”. Meta-lhe mais a inflação em 2007 e 2008 (talvez, num cálculo conservador, 5%). Quanto dá? Viu o número? É quanto lhe vai custar este ano, a si e à sua família, em IRS, o seu Presidente da Câmara. Eu explico:

A partir de 2008, o IRS pode ser diferente de concelho para concelho. Estão em causa 5% do valor do imposto. Das 24 Câmaras do distrito de Viseu, só Resende (PS), Penalva do Castelo (PSD), Mortágua (PS) e Penedono (PSD), baixaram o IRS dos seus habitantes, em percentagens que vão de 2 a 3%. Portanto, só quatro Presidentes de Câmara é que mostraram alguma solidariedade pela classe média, que é quem paga o grosso dos impostos, e que está a ser massacrada em todas as frentes, designadamente nos impostos imobiliários (IMI e IMT) que nunca pingaram tanto como agora nos cofres municipais.

No concelho de Viseu, Fernando Ruas recusou uma proposta de Miguel Ginestal para que fosse feita uma redução de 2% no imposto de rendimento dos viseenses.

Quando, em 2009, receber a tal cartinha das finanças, não se esqueça dos dois por cento do seu dinheiro. Em 2009 é ano para acertar contas. Na cabine de voto.

2. O IVA dos ginásios desceu de 21% para 5%. Excelente! É de pedir o mesmo para os DVDs e CDs.

Depois do gasto de calorias no ginásio, nada como duas horas retemperadoras no sofá, com um bom filme, uma boa música, …

Sem comentários:

Enviar um comentário