quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

A vida tem uma faca na mão

Fotografia de Peter Lindbergh


Vamos parar de ler. Paremos de escrever.
Olhos e mãos circulam no papel
ao serviço da dor e da desgraça,
mas as palavras são frias e sem fel

para exprimir o desespero dessa taça.
Ninguém sabe escrever. E ninguém pode ler
o que fica, depois de tanta luta fútil,
a escuridão desvirginada do teu ser

na indiferença de uma folha de papel.
Hoje, ontem, amanhã – amanhã sobretudo –
a vida sempre tem uma faca na mão,

vai sob as unhas, vai direto ao coração,
dói nos olhos, nos pés, dói na alma, dói em tudo,
torna toda a poesia um jogo raso e inútil.
Abgar Renault

2 comentários:

  1. Está muito trabalho neste post.
    A foto, o poema e o video/música formam uma composição de harmonia e sentido que é de realçar.
    Mãos!

    “Está como nunca nas nossas Mãos mudar algo. Temos de nos lembrar!”

    “As Mãos de Abraão Zacut” - de Luís de Sttau Monteiro

    ResponderEliminar
  2. Paciente ZERO, parte 3!

    Caso INEM: Lalanda de Castro detido na Alemanha
    A Polícia Judiciária confirmou a detenção de um ex-administrador de uma empresa farmacêutica, através de uma colaboração com as autoridades alemãs.
    TSF on line 15 de dezembro de 2016

    Mais um antigo presidente do INEM suspeito de corrupção
    Paulo Campos foi constituído arguido e a sua casa foi alvo de buscas por parte da Polícia Judiciária.
    15 DE DEZEMBRO DE 2016 – TSF on line

    Na terça-feira,
    Luís Cunha Ribeiro, antigo presidente do INEM e da ARS de Lisboa e Vale do Tejo, foi detido por suspeitas de corrupção numa investigação relacionada com a distribuição de plasma para hospitais públicos
    TSF on line 13 DE DEZEMBRO DE 2016

    " Em Portugal, o plasma sanguíneo dos dadores voluntários não é aproveitado e os hospitais são obrigados por contrato a comprar à Octapharma plasma de dadores estrangeiros desde o ano 2000. Um negócio que vale milhões de euros por ano.” – TSF on line
    O nome da empresa já foi badalado há muito… vou-me poupar ao trabalho de exemplificar porque suponho que ninguém se esqueceu. Penso que todos (com memória) sabem do que e de quem falo.

    A "Máfia dos Vampiros"….IRRA!

    “Hoje, ontem, amanhã – amanhã sobretudo –
    a vida sempre tem uma faca na mão” , cito o (magnífico) poema.

    ResponderEliminar