terça-feira, 13 de setembro de 2016

Não despertes o que não podes calar

Fotografia de René Groebli



Não devias empurrar fogo tão solitário
sob os umbrais de uma morada
nos carreiros que vão dar aos montes
sairás ainda em súplica
quando os incêndios ignorarem a ameaça
da tua vassoura de giestas

a sombra uma vez avulsa
não retorna a mesma

não despertes o que não podes calar
José Tolentino Mendonça


1 comentário:

  1. "não despertes o que não podes calar"

    Eh pá, mas vocês ainda acreditam na Cristas Kiwi? (claramente uma ideia do Nuno Melo…eh eh). Nada como começar a liderança com uma boa derrota pessoal.
    E hoje a que horas vem a Cristas defender, por exemplo, os fumadores?

    Santana não abandona o conforto da Santa Casa por uma improvável Câmara. Já o fez e deu-se mal.
    Agora só falta o Passos/PPD ser candidato. Avança, pá, estamos contigo!

    Tudo isto é humor, pá!

    "não despertes o que não podes calar"

    ResponderEliminar