quarta-feira, 6 de julho de 2016

Sanções - por JB

* Comentário de JB ao post de ontem "Pureza"



"Mas o permanente sentido de angústia
nossos corações de negros
faz cada vez mais puros."

"Em cada esquina um Schäuble inimigo, em cada rosto uma Barrosidade... Europa da Finança, terra da desigualdade".

Ouviram que o Deutsche Bank é o maior risco para o sistema financeiro, avisou o FMI.
O melhor é o  Schäuble deixar-se de tretas e mandar um Excel a explicar quanto é que cada português vai ter de pagar pela resolução do Deutsche Bank.
O sr.  Schäuble não acha inadmissível a França não cumprir as regras do tratado orçamental?



O Dr. Strangelove/Schäuble é o melhor retrato da Europa em que vivemos. Em suma: é uma merda.
E como se não estivesse satisfeito no seu papel de incendiário ainda rematou com “os jovens desempregados do Sul deviam vir para a Alemanha.”

E a Maria Luís Albuquerque dispensou um pouco do tempo que dedica hoje à Arrow, para brindar Portugal com a pérola das suas declarações que revelam bem ao serviço daquilo que ainda está.

Todos sabíamos que Portugal iria sofrer o mesmo cerco que sofreu a Grécia. Só não sabíamos quando. Os loucos de Bruxelas vão continuar a adensar a crise política, gerando agora um afastamento nunca visto entre a Península Ibérica e UE.

A herança que a direita nos deixou: sanções.
A direita quer que o país fracasse.

PS: 
Entretanto o prof Marcelo condecorou Salgueiro Maia, Viva o Capitão de Abril!
Muito justa a condecoração a Salgueiro Maia.
Esta sim uma condecoração séria a um homem honrado que serviu Portugal.

JB

Sem comentários:

Enviar um comentário