sábado, 21 de maio de 2016

Estendais

Fotografia achada aqui


Em alguns invernos mais chuvosos,
em Miragaia que foi a Madragoa de
Pedro Homem de Mello, o Douro
salta a margem e entra pelos arcos
onde se demora no rés-do-chão
das casas, por duas madrugadas.

Mas são os estendais, à janela
agitados pelo vento nas abertas da chuva,
que nos trazem a urgência e a constância
dos corpos, nas mangas pendentes
de camisas, camisolas ou na roupa

interior, última margem dos íntimos rios,
onde os poliesteres aboliram os felpos, os linhos
as cambraias. Só a cor branca dos lençóis teima
lá no alto, a abrir velas ao desejo do sol
e à memória de obscuras lavadeiras, que faziam
heróicas barrelas na espuma inocente do sabão.
Inês Lourenço



1 comentário:

  1. ESTENDAIS....

    Direita acusa Governo de favorecer a escola pública.

    A sério?!
    Ahahahah. Esta malta não tem a noção do ridículo?
    Então o Estado deveria defender o quê? Interesses privados?
    Vejam ao ponto que chegou esta pouca vergonha que temos um governo que favorece a escola pública em detrimento privada. Muito bem, PSD e CDS.

    Estavam a dormir quando dezenas de milhar professores foram ejectados da escola pública? Ah, não lhes ia ao bolso...
    Cortar salários? Pode.
    Cortar pensões e reformas? Pode.
    Cortar subsídios e comparticipações? Pode.
    Cortar contratos de associação? Não pode.

    E da primeira vez que há um governo que quer mesmo poupar dinheiro ao contribuinte o PSD o CDS estão contra.

    Agora os colégios vão ficar com os alunos que podem pagar. Espero que não acabem com a classificação das escolas. Estou muito curioso.

    E por Viseu?
    Uma igual concorrência desleal com muitos exemplos desde o pré escolar, passando pelo profissional e acabando na acumulação de lugares no privado e público...

    PS: Esperam-se manifestações de explicadores, com os seus explicandos a tiracolo e de t shirt amarela, a contestar a medida.

    E fim de conversa.
    Não volto a dar tempo de antena a esta gente.

    Neste campo, o estendal do privado não usa OMO!

    ResponderEliminar