sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

A exaltação da pele

Fotografia de Emmet Gowin


Hoje quero com a violência da dádiva interdita.
Sem lírios e sem lagos
e sem o gesto vago
desprendido da mão que um sonho agita.
Existe a seiva. Existe o instinto. E existo eu
suspensa de mundos cintilantes pelas veias
metade fêmea metade mar como as sereias.
Natália Correia


Sem comentários:

Enviar um comentário