sábado, 19 de setembro de 2015

Fontelo — um texto de JB

Este texto tem apenas e só um objectivo: alertar!

Como já aqui referi (em anterior post) considero o Parque do Fontelo um local magnífico e sou habitual utilizador.

Neste contexto, a minha principal preocupação é a preservação e manutenção do espaço. Reconheço que o local é limpo, os caminhos são cuidados e mantidos com bom piso.

No entanto, no aspecto da renovação florestal é notório que não há novas árvores. Bastou um dia de Inverno (antecipado) e mais árvores tombaram. Estão gastas e como dizia Palmira Bastos "Morreram de pé"!
Fotografia de JB

Fotografia de JB

Há que prestar atenção e planear a reflorestação do Parque do Fontelo.

Por favor não ocupem o Fontelo com "modernices", deixem o espaço ser aquilo em que é belo: selvagem!

Fotografia de JB

Fotografia de JB


Obrigado.
JB

2 comentários:

  1. Na sequência do post, tomo a liberdade de recomendar (a quem de direito na CM de Viseu) o texto: " Ciclone não vergou a mata e a biodiversidade respira em várias frentes - Buçaco".
    Entrevista com a bióloga Milene Matos (bióloga da Universidade de Aveiro) e publicada no jornal Público, de domingo 20 de Setembro.
    Como recuperar e bem uma mata destruída em 40% (janeiro de 2013)pelo ciclone Gong e ainda contribuir para a reinserção social.
    E trocar umas ideias com Milene Matos?

    ResponderEliminar