sábado, 25 de abril de 2015

Exiit qui seminat seminare semen suum

Pintura de Graça Bordalo Pinheiro

Exiit qui seminat seminare semen suum.

     Ermo semeador da liberdade, 
Saí sozinhos, antes da estrela;
Com a mão límpida e sem pecado, 
Nos sulcos da terra escravizados
Lancei o grão vivificante — 
Pena perdida: perdi meu tempo,
Meus bons desígnios e meus cuidados...

     Pastai então, povos mansos, pastai!
Não vos acorda o clamor da honra.
Os dons da liberdade a um rebanho
à matança ou tosquia destinado?
Vossa herança é, por todo o sempre, 
O jugo de chocalhos e a aguilhada.
Aleksandr Púchkin 
[1823]







2 comentários:

  1. Visite o site oficial da pintora:
    http://www.gracabordalopinheiro.com/home.html
    Lindos trabalhos.
    Obrigado, sr Gato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Magnífica sem dúvida, a Graça Bordalo Pinheiro e o site está um primor.
      Abraço, JB!

      Eliminar