quinta-feira, 5 de março de 2015

Caminho sem pés e sem sonhos

Fotografia de Sabine Weiss



Caminho sem pés e sem sonhos
só com a respiração e a cadência
da muda passagem dos sopros
caminho como um remo que se afunda.

os redemoinhos sorvem as nuvens e os peixes
para que a elevação e a profundidade se conjuguem.
avanço sem jugo e ando longe

de caminhar sobre as águas do céu.
Daniel Faria


1 comentário:

  1. "Caminho sem pés e sem sonhos"...
    E não andamos todos assim ?
    Até os cravos estão caros!

    ResponderEliminar