quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Ai Deus! Que grave coita de sofrer

Head Of A Young Girl, de William Adolphe Bouguereau
Gif de Stefano Tagliafierro



Ai Deus! Que grave coita de sofrer:
desejar mort'e haver de viver
com'hoj'eu viv', e mui sem meu prazer,
com esta coita, que me vem tanta!
Desejo mort'e queria morrer,
               porque se foi a rainha franca.*

A esta coita nunca eu par vi:
desejo morte, pero vivo assi,
per bõa fé, a gram pesar de mi;
e direi-vos que me mais quebranta:
desejo morte, que sempre temi,
               porque se foi a rainha franca.

Ai coitado! Com quanto mal me vem,
porque desejo mia mort', e por en
perdi o dormir e perdi o sem,
e choro sempre quand'outrem canta;
e mais desejo morte doutra rem
               porque se foi a rainha franca.
Pero Garcia Burgalês

* Provavelmente o regresso definitivo a França, por volta de 1255, de D. Joana de Poitiers, viúva de D. Fernando III e sua segunda mulher, detalhes aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário