sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Personalidades de 2014 *

*Texto publicado hoje no Jornal do Centro



Abu Bakr al-Baghdadi (daqui)
1. Debaixo de que calhau esteve escondido o ISIS? 

Como foi possível deixarem-no conquistar tanto território na Síria e no Iraque? 

Como é possível só ter sido notícia quando começou a decapitar jornalistas?

Abu Bakr al-Baghdadi, o líder do ISIS, foi a personalidade internacional de 2014.


2. O dia 15 de Setembro de 2014 fica na história da nossa justiça: pela primeira vez um ex-governante foi condenado por um seu acto governativo.

Os factos são conhecidos: Maria de Lurdes Rodrigues decidiu encomendar uma inútil compilação legislativa ao irmão de Paulo Pedroso. O trabalho não foi feito mas arderam 265 mil euros.

Helena Susano, a presidente do colectivo de juízes que condenou a ex-ministra, foi a personalidade nacional de 2014.


Isabel Castelo Branco
Imagem editada a partir daqui
3. Com o fim da cláusula travão, os viseenses em 2015 vão pagar mais 1,8 milhões de euros de IMI.

O presidente da câmara queria gastar essa massa extra, mas a secretária de estado do Tesouro determinou que os acréscimos de receita em IMI sejam aplicados na redução da dívida municipal. Contrariado, António Almeida Henriques até a chama "empertigada".

Sem dúvida nenhuma, Isabel Castelo Branco merece uma distinção especial: é a personalidade governamental de 2014.


4. O fatal doutor Relvas, antes de se ir embora, reforçou os poderes das comunidades intermunicipais, estruturas onde o PS e o PSD coabitam felizes longe do escrutínio dos eleitores.


José Morgado
Imagem editada a partir daqui
Ora, saber que a liderança da CIM Viseu Dão Lafões está entregue ao presidente da câmara de Vila Nova de Paiva dá algum descanso.

José Morgado é o responsável político pelo acontecimento cultural do ano na região — a digressão de "A Viagem do Elefante" da ACERT pelos catorze concelhos da CIM.

Mais notável ainda: ele decidiu desistir da construção de um centro escolar que a demografia ia tornar desnecessário. Defender o interesse público assim é raro e merece reconhecimento.

José Morgado foi a personalidade regional de 2014.

1 comentário:

  1. Escolhas são memórias partilhadas.
    De 2014 recordaremos a doçura do viver tranquilo desse ano.
    - "Sr Presidente,porque fala da calma com tanto ardor?"
    - " Considero esta calma como uma das características do povo português, da época actual. (...) Desejo ardentemente que o egoísmo crescente e os ódios,as devastações morais dos grandes revolucionários nos sejam poupadas. Desejo ardentemente que o nosso canto de terra conserve este bem precioso: a douçura de um viver tranquilo."
    Entrevista de Christine Garnier, Férias com Salazar,1952

    Acabou o espírito natalício. Vamos ser objectivos. A escolha que desejamos: mudança!

    Somos todos gregos e o Happy end é coisa dos cinemas.

    ResponderEliminar