terça-feira, 25 de novembro de 2014

Chegou sem se fazer anunciar a era que teu sorriso inaugurou

Fotografia de Lilian Bassman


Chegou sem se fazer anunciar a era que teu sorriso inaugurou:
só mais tarde comecei a contar os dias, as semanas, os meses,
os anos

antes
e depois de ti.

Eram deste mundo os prodígios que os teus olhos semeavam,
desta dimensão a esguia leveza dos dedos, iniciais do teu
corpo

aquém
e além de mim.

A luz e a matéria em que foste modelada definiu-te as formas
e adoçou-te os relevos. Basta-me fechar os olhos para te ver
agora

dentro
e fora de nós.
António Gil


Sem comentários:

Enviar um comentário