quinta-feira, 8 de maio de 2014

O prego

Fotografia de Jeanloup Sieff



O que mais dói
não é o retrato na parede,

mas é o retrato ali cravado,
persistente,

no centro da mancha
do quadro ausente.
Adriano Espínola


Sem comentários:

Enviar um comentário