quinta-feira, 22 de maio de 2014

E pagar a "encomenda" ainda antes do fabrico do "produto" também é "prática dos gabinetes ministeriais"?

Detalhes aqui

Relembre-se:
uma "compilação" legislífera da educação é uma inutilidade, sempre desactualizada perante a diarreia regulamentar do ministério;
o "encomendado" não percebia nada do assunto;

— a "encomenda" nunca foi entregue.

Admire-se:
Este caso ainda não prescreveu?

2 comentários:

  1. Já não tenho paciência para esta senhora, agora recuperada como “senadora” da educação.

    MAS todos os dias ainda se sentem os efeitos da sua DEVASTADORA passagem pela 5 de Outubro.

    O problema é que o PS ainda não conseguiu cortar com a herança de Maria de lurdes Rodrigues; ainda a vê como uma “grande ministra” e o seu legado como sendo um “verdadeiro reformismo”.
    Foi ela que deu impulso às políticas que estão a demolir a Escola Pública, e muito bem secundada pelo Valter Lemos e Cª (as Margaridas do Norte etc e tal…). E, claro, sempre, sempre com a orientação liberal, reacionária e de direita de Sócrates ("with all due respect"), e que os que vieram a seguir agradeceram – foi só continuar para linha e bingo…

    A Escola Pública nada lhes deve!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bingo, JB!

      A senhora deixou sempre a direita e o PR enlevados.
      A escola pública, de 2005 a 2009, sofreu um "desastre ecológico" irrecuperavel.

      Eliminar