segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Há em Portugal esquerda cosmopolita, esquerda não paroquial?



Esta excelente fotografia de Miguel A. Lopes, da Agência Lusa, publicada hoje no I., mostra o bloco em liturgia.

Fotografia de Miguel A. Lopes

O bloco "quer" dois deputados europeus mas vai ter só um: Marisa Matias.

Enquanto o PS trata da mercearia dos lugares, falta ver agora como a esquerda que sabe que problemas supranacionais precisam de respostas supranacionais, falta ver como a esquerda não paroquial se vai mexer para tentar eleger Rui Tavares.

Sem comentários:

Enviar um comentário