quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O golpe da lista única no Mirita sobra para a câmara

Diário de Viseu, 22.1.2014 

Como é sabido, o "presidente" do CCDV/Mirita comprometeu-se a respeitar a deliberação da Assembleia Geral de Maio e prestou declarações aos jornalistas nesse sentido (pode conferir-se nos recortes do Público e do Jornal do Centro aqui).

Agora, tudo indica, o "presidente" do CCDV/Mirita prepara-se para dar o dito por não dito e organizar umas eleições de lista única na assembleia geral do dia 1 de Fevereiro.

O "presidente" do CCDV/Mirita está colado ao poder,  mesmo que esse poder seja só o poder de mandar nas teias de aranha de um auditório fechado há anos.


Isto está a acontecer na mesma altura em que, apesar de avisada pelos vereadores da oposição, a maioria camarária acaba de decidir correr o risco de ser multada pelo Tribunal de Contas e atravessar-se com 73 200 euros do dinheiro dos nossos impostos nos "especialistas em museologia" do CCDV/Mirita. 

Desde Maio de 2013 não acontecia nada no CCDV/Mirita. 
Agora oito meses depois aparece dinheiro da câmara, agora oito meses depois eclode uma assembleia geral do CCDV/Mirita.

Esta "coincidência" temporal acaba por ter consequências: se, na assembleia geral do próximo sábado do CCDV/Mirita, não forem aceites todas as listas como foi deliberado na assembleia geral de há oito meses e for consumado o golpe de lista única, o imbróglio que dali resultar sobra para a câmara. 


Fotografia Olho de Gato

Meta juízo no CCDV/Mirita, caro Antonio Almeida Henriques.
Golpes de lista única não. 

8 comentários:

  1. O golpe... Ahahahah título de filme! Agora até tenta dar conselhos ao nosso Presidente da Câmara, e esse será já um outro filme... Ou seja o Sr. Joaquim quando for grande vai ser realizador ahahahah Comece por fazer outra coisa... Aceite os comentários que lhe foram enviados...você é o defensor tão aguerrido da democracia que lhe fica mal não aceitar "sugestões" da malta que por aqui passa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentários que não insultem ninguém são publicados.
      Comentários que insultam não são publicados.
      Este seu comentário não insulta ninguém, senhor anónimo.

      Eliminar
  2. Vamos ver se Almeida Henriques instrui a sua vereadora para tomar conta do recado. O assunto merece que sejam dados uns valentes puxões de orelhas no CCDV/Mirita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo,
      Interpreto esses seus " valentes puxões de orelhas no CCDV/Mirita" como metafóricos.
      :-)

      Eliminar
  3. Sobra para a Câmara se tiverem intenção de dar vida ao Mirita Casimiro. Se não quiserem, porque assim está tudo bem, como Ruas deixou, não precisam de fazer nada. Se não fizerem nada este "novo ciclo" fica com uma mancha dificil de limpar com praticamente toda a comunidade cultural e artistica da cidade. E isso valerá muitos dissabores à vereadora da cultura e em consequência a Almeida Henriques.

    ResponderEliminar
  4. Alguém o insultou? Tem piada... afinal o Sr. não tem "estomago" para ouvir umas verdades! Gosta de mandar uns bitaites...mas não gosta de os receber... Mas Ok, Viseu percebe quem quer ajudar e que aqui anda pelos bitaites!...olhe tenho uma sugestão para si, crie uma associação... Tanta ideia e tanta ideologia deve dar para fazer uma das GRANDES! E depois pode até inscrever-se numa Federação Distrital! Aposte nisso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentários que não insultem ninguém são publicados.
      Comentários que insultam não são publicados.
      Estoutro seu comentário também não insulta ninguém, senhor anónimo.

      Eliminar
  5. Uns promovem a cultura, outros governam-se com ela, outros ainda farão as duas coisas em simultâneo. Chateia-me os segundos, que se vão encostando ao poder laranja anos a fio e que lá vão levando a água ao seu moinho.

    ResponderEliminar