quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Figuras de 2013*

* As escolhas para figuras de 2013 não deviam ficar só para os leitores do blogue e foram também partilhadas hoje com os leitores do Jornal do Centro. Os textos na edição em papel têm algumas diferenças em relações aos textos no blogue.


Figura internacional do ano — Edward Snowden
Os estados em geral e os Estados Unidos em particular têm aproveitado o pretexto da “guerra contra o terrorismo” para calcarem o direito das pessoas à privacidade. O mundo só acordou verdadeiramente para este problema em 2013. Graças a Edward Snowden.


Figura nacional do ano — Anónimo de Belém 
Escolhi o conselheiro da presidência da república autor da estratégia que revogou a demissão “irrevogável” de Paulo Portas. Cavaco Silva, muito bem aconselhado, pôs o ónus da crise política de Julho nos partidos, crise que custou ao país 2,3 mil milhões de euros. Pelo menos até à troika se ir embora, vai haver juízo.

Figura local do ano — Abel Encarnação
Abel Encarnação foi o 28º nome da lista socialista à freguesia de Viseu, muito longe dos lugares elegíveis. Contudo, se formos ao Google e pesquisarmos Abel Encarnação e António Almeida Henriques, o primeiro obtém bem mais do triplo dos resultados do presidente da câmara. É um sinal destes tempos de comunicação viral e redes sociais.

Sem comentários:

Enviar um comentário