quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Não se deve


Pillow Book, de Peter Greenaway



Não se deve romper o silêncio
sem um motivo preciso.
As palavras devem ser necessárias
inadiáveis como um aviso.
Luiz Roberto Nascimento Silva


Sem comentários:

Enviar um comentário