sexta-feira, 9 de agosto de 2013

E pouco barulho de noite, pode ser?


3 comentários:

  1. Viseu tem que fazer jus à "melhor cidade para viver"! Por isso dormir para quê, se temos que aproveitar a cidade? Ainda só estamos no início. Quando todos lhe tomarmos o gosto vai ver que as lojas, os cafés os cinemas as escolas, as fábricas, todos vamos trabalhar à noite, que é muito mais animado, com bares e esplanadas abertas até às 4, com aquele forte contributo do tribunal do Porto, que com mais um copo nos torna muito mais alegres e produtivos...
    Trabalhar depois duma noite de copos, em que nos não deixam dormir? Não. Anda tudo ao contrário! Vamos é levar os copos para o trabalho, que até dispensamos a cama!
    Vem aí o encontro de motards. Se for como o ano passado, vai ser o máximo! Uma noite completa a produzir! Barulho... e com licença! Sim porque os culpados devem estar bem longe a banhos! Licenciam, mas e fogem ; a tropa que se...
    Vai ver Alex, que quem na Câmara descobriu este sinal de modernidade ainda vai ver a sua própria estátua tirar o lugar ao D. Afonso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro

      Este post era mesmo para interpelar as barulhentas das gaivotas, que me acordam todas as noites.

      Gaivotas é coisa que Viseu ainda não tem.

      Mangualde talvez, já que tem praia.

      Abraço

      Eliminar
    2. Afinal é o Alex que está a banhos. E eu a ler os prédios vazios da Quinta do galo por causa do barulho dos bares, e umas inocentes pombinhas prontas a ocupá-los!
      Mas é oportuno na mesma!

      Eliminar