quarta-feira, 10 de julho de 2013

Fundadores — sucessores — funcionários

A melhor síntese sobre a evolução histórica dos partidos desta terceira república é de Joaquim Aguiar: «primeiro, os partidos foram dirigidos pelos fundadores, depois foram-no pelos sucessores, agora é o tempo dos funcionários.»

Ora, a esta luz, a solução bicéfala achada para o bloco de esquerda faz sentido: como o bloco é um partido relativamente novo comparado com os outros, ele, para não lhes ficar atrás, quis queimar etapas e fez um dois em um.

Depois do fundador Louçã, o bloco arranjou duma vezada...
... um sucessor e uma funcionária.



3 comentários:

  1. mau. então mas não é uma direcção bi.partida? vão à TV à vez à vez e assim por diante, nesta linha de raciocínio? só não pomos a dúvida de quem seria Primeiro Ministro, pois eles nunca serão governo, pois está nos genes deste agrupamento ser só protesto, nada mais....

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo, dadas as suas debilidades políticas e as do seu partido, não me parece que tenha propriedade para dizer seja o que fôr. Olhe primeiro para os seus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O senhor anónimo, olhe para os seus, para os outros, para cima, para baixo, para o armário dos esqueletos, e diga, diga se quiser, se não quiser não diga.
      E deixe os outros dizer.

      Eliminar