quarta-feira, 17 de abril de 2013

Uma saison nos infernos

Fotografia de Dennis Stock


Tudo é breve: um deus,
o plâncton, o ferro.

O meu poema é uma miséria
comparado com o teu nome
no edital.

A voragem dos grandes estúdios,
a saída dos operários da fábrica,
a grande depressão
dos trinta anos:

Eu bebo
porque se não beber
não conduzo
este corpo a casa.
Daniel Jonas


Sem comentários:

Enviar um comentário