segunda-feira, 8 de abril de 2013

António Almeida Henriques, vai sujeitar-se a este carimbo?

10 comentários:

  1. Portanto em Nelas os candidatos são bons.

    A situação da câmara e o trabalho não desenvolvido não o indiciaria. Sou mesmo distraído.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alexandre Borges, meu caro:

      O ponto é mesmo esse que refere — "trabalho não desenvolvido" — o trabalho não desenvolvido não é acção é omissão, logo muito difícil de avaliar.
      A um facto pode-se pespegar com um juízo, a um não-facto, como se faz?

      Ontem eu e um amigo estivemos à volta sobre este problema (que não é só exclusivo da esfera pública mas também da esfera privada).

      Terreno complicado, oxalá que se consiga que de Nelas venha luz que ilumine este problema.

      Grande abraço

      Eliminar
    2. Falta-me arcaboiço filosófico para debater com tamanha excelsaria mas, neste pequeno caso, quer-me parecer que quando temos actores políticos que se propõe a realizar acções concretas, a prazo é verdade, e se ficam pela omissão, isso em si constitui uma inacção imperdoável. Se a isso somarmos rodos de euros que se esfumaram numa espiral coriolica ralo abaixo, temos um problema bem mais grave.

      Mas claro que esta análise está totalmente errada. Se assim não fosse estes candidatos em concreto não seriam bons candidatos e quem sou eu para contrariar Helder Amaral!

      Eliminar
    3. Alexandre Borges,

      Arcaboiço é coisa que não lhe falta e esse método que propõe parece promissor — cotejar o prometido com o não-realizado.

      Fico à espera da luz de Nelas.

      E com celebração a condizer para a qual, desde já, me voluntarizo.

      Grande abraço

      Eliminar
  2. Hoje estava a ver os pesadelos do Gordon Ramsay.
    E alturas tantas alguém dizia:
    - Olha que o tipo é britânico, não fala inglês.

    Pelos vossos comentários parecem que são lusos, não falam português. :)

    ResponderEliminar
  3. Caro anónimo,

    Bingo! Grande comentário! Parabéns :-)

    ResponderEliminar
  4. O CDS sabe bem o que faz! Conhece o candidato AH, sabe o que vale, e não se quer juntar a ele. Ponto final!! Sinal de sensatez. Agora podemos falar a mesma linguagem?? Fernando Ruas recandidate-se, justifica-se a exceção!!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ruas tenciona voltar depois de A. Henriques lhe guardar o "lugar quentinho". Veremos. 4 anos e tal é muito tempo.

      Eliminar
    2. Caro anónimo,
      O respeito da lei não permite excepção ou, com a sua grafia AO90, "exceção".
      Pelo que a sua nostalgia-saudade-..., que respeito, só poderá, eventualmente, ter resposta em 2017.
      Até lá, boa saúde para todos nós.
      Cumprimentos

      Eliminar
    3. Caro anónimo,
      Quando lhe respondi ainda não tinha lido o seu comentário das 11:26

      Eliminar