quarta-feira, 13 de março de 2013

Ó google reader, não confundas o eleitorado viseense, por favor!


8 comentários:

  1. O Junkeiro agora tem bigode?
    Tirando o lustro, são tão parecidos...

    ResponderEliminar
  2. A Google quer fechar o Google Reader por alguma razão!

    ResponderEliminar
  3. Fernando, isso, para mim, é péssima notícia, é através do Reader que me informo, mas, de facto, desta vez a coisa correu mal :-P

    ResponderEliminar
  4. http://www.publico.pt/tecnologia/noticia/quatro-alternativas-e-uma-sugestao-para-substituir-o-google-reader-1587820

    ResponderEliminar
  5. caro Indo Eu Indo Eu,
    mais bibliografia:
    http://www.gizmag.com/best-google-reader-alternatives-2013/26643/?utm_source=Gizmag+Subscribers&utm_campaign=a9c23fa3dd-UA-2235360-4&utm_medium=email
    e

    http://boingboing.net/2013/03/14/google-shutting-down-google-re.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+boingboing%2FiBag+%28Boing+Boing%29&utm_content=Google+Reader

    grande abraço

    ResponderEliminar
  6. Mais: https://www.change.org/petitions/google-keep-google-reader-running

    ResponderEliminar
  7. Viseu é uma porta. Porta de serviço para os políticos do Partido de Socialista. Entram por ela, muitas vezes de forma discreta, o que José Junqueiro não sabe ser, instalam-se nos melhores lugares nas listas para a Assembleia da República, nos cargos pomposos e inúteis, na Assembleia Municipal, comem nas, e das, refeições viseeenses e depois saem pelas portas grandes. Em direcção ao parlamento, ao governo se lá estiverem os seus, a Bruxelas A, a Bruxelas B, em direcção a tudo que seja local onde possam dar continuidade à sofreguidão política.
    Vêm cá de vez em quando, os impostos dos portugueses pagam isso, visitar os familiares, dar um sorriso superior aos que os apoiaram para representarem Viseu. Depois abalam de novo, as portas passaram a ser passagens.
    Até Novembro, José Junqueiro entrará em Viseu, passará por Viseu, sairá de Viseu.
    Mesmo assim, que sejam bem-revindos o José Junqueiro e o circo, a hospitalidade é uma das nossas características.

    ResponderEliminar