sexta-feira, 8 de março de 2013

António "olha-te-ao-espelho" Borges

«O ideal até era que os salários descessem» — disse ontem António Borges Diogo Lucena.

António Borges Diogo Lucena, sabe o que era ideal, ideal, mesmo mesmo ideal, muito ideal, idealíssimo?

Era os
25 000/mês que abicha por mês ao governo (isto é, aos nossos impostos), e que diz que são para remunerar cinco pessoas,  passassem para €2425/mês (cinco salários mínimos).

 

1 comentário:

  1. Gurus como esse deviam era ser despedidos. Evitávamos ter que ouvir essas babuzeiras que lhes parecem padrenossos!

    ResponderEliminar