domingo, 28 de outubro de 2012

Desculpas


     O aparelho socialista não percebe a necessidade deste pedido, nem compreende o que Manuel Maria Carrilho quer dizer.
     Então agora que as sondagens dão o PS à frente e os partidos do governo a afundarem-se é que Manuel Maria Carrilho vem com isto?

     Então agora que o PS tem todas as condições para ter um resultado histórico nas autárquicas do próximo ano e recuperar a presidência da ANMP é que vai estar a fazer um "mea culpa"?
     Então agora que a coligação abana por todos os lados é que o PS deve pedir desculpa pelo período socrático?

Expresso, suplemento Economia, 20.10.2012
Ora, 
deve 
ser sem surpresa que se vê 
Manuel 
 Maria Carrilho, apoiante da primeira hora de António José Seguro, a cartografar um itinerário de diferenças entre Seguro e o que aconteceu 
em 2009 
e 2010.


     É que não chega demonstrar ao país que o governo de Pedro Passos Coelho está gasto e é muito mau, isso o país já percebeu.
     É que o PS tem que convencer o país que, da próxima vez que for governo, vai fazer diferente do que está a fazer a direita, mas também que vai fazer diferente do autoritarismo negocista socrático.

Sem comentários:

Enviar um comentário