terça-feira, 23 de outubro de 2012

Almeida Henriques e Américo Nunes na balança

Ou o secretário de estado faz dieta
ou o #2 do dr. Ruas come mais
Jornal Público, ontem

4 comentários:

  1. Mal por mal prefiro Américo Nunes, pelo menos é lhe reconhecido mérito no trabalho desenvolvido muitas das vezes dando o "corpo ás balas"

    ResponderEliminar
  2. O sr Américo também já não tem mandatos que chegue? Qual AH? Mas isso sabe gerir alguma coisa? Ponham-se todos a andar, que já demonstraram à saciedade o que valem e o que não valem, e sejam democratas. Dêm a oportunidade a gente com sangue novo, sem vícios e com vontade. Que os haja!

    ResponderEliminar
  3. E quem os deixa entrar? Realmente há por aí gente com capacidade, conhecimentos técnicos e experiência de saber fazer, mas ninguém os deixará abeirar do poder se não se "converterem" ao partidarismo político tal como ele é: uma fonte de amiguismos e interesseirismo acima do interesse e bem público!
    E muitos desses que podiam dar um contributo de seriedade e mudar efectivamente a maneira de ser do poder, com toda a certeza não vão chegar lá, primeiro porque não os deixam e aseguir porque talvez já nem queiram...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-(
      "talvez já nem queiram..."
      Cumprimentos, caro anónimo.

      Eliminar